quarta-feira, 30 de maio de 2012

Amaciadores de roupa e cães

Sou das pessoas menos fiéis a marcas no que toca aos produtos para a casa, estou sempre a mudar então em detergentes para a roupa raramente compro o mesmo duas vezes seguidas, então a semana passada lá fui eu ao supermercado comprar um amaciador para a roupa e como sempre variei na escolha, abri o dito gostei do cheiro e lá fui eu toda contente para casa e a cantar esta música  (esta parte do toda contente e do cantar a música é mentira, mas dá um certa alegria ao texto).
Primeira máquina lavada com o novo amaciador, roupa estendida e tudo muito bonito. Continua


Os meus pais têm duas cadelas que tinham sido abandonadas, então quando as encontrámos não resistimos e ficámos com elas, acho que elas é que vieram ao nosso encontro, uma andava no meio da estrada completamente maltratada e nem pensámos duas vezes a outra abandonada num pinhal e veio também fazer parte da família, hoje em dia são duas cadelas completamente mimadas mas muito meigas. Muitas vezes quem lhes dá banho sou eu e lá as esfrego com o champô e depois a minha mãe insiste que lhes quer pôr mais isto e aquilo então no final ficam donas de um pêlo a luzir e a cheirar que é uma maravilha.


Agora vocês devem ter pensado que eu enlouqueci e que raio de post é este, mas eu tinha que contar estas duas histórias para o final e se eu fosse uma boa contadora de histórias eu provavelmente teria feito de maneira diferente mas a minha aptidão como escritora é fraquinha então tem de ser assim.


continuação


Então depois da roupa seca lá fui eu alegremente (novamente mentira) tirar a roupa do estendal e começo a sentir o cheiro da roupa, então quem me visse devia pensar que eu era arraçada de cão de caça pois não parava de farejar a roupa, então aquele cheiro do novo amaciador revelou-se e fazia-me lembrar algo de familiar, mas não era o cheiro de antigamente da roupa lavada com sabão macaco, depois de um certo tempo e de já estar com o olfacto impregnado com aquilo, descobri o que era, o cheiro é rigorosamente igual ao cheiro do pêlo com que ficam as cadelas que acima falei, e agora tenho uma sensação estranha, não sei se gosto, se por um lado acho que resulta nos canídeos, mas agora ter a minha toalha de banho ou usar uma camisa e parecer que aquelas duas coisas andaram a esfregar-se até à exaustão, acho que não gosto e este de certeza que não vou voltar a usar.
Só espero que a vizinhança não me tenha visto a cheirar as cuecas pois ainda ficava com ideias erradas do que se estava a passar, pois fora do contexto parecia assim um fétiche.



14 comentários:

  1. eheheh não terás comprado amaciador para cães, em vez de amaciador de roupa? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, por acaso fui certificar-me e é mesmo de roupa :)

      Eliminar
  2. Confesso que pensei o mesmo que o Vic.
    Já que estamos numa de confissões, já várias vezes pus a máquina a lavar e só quando fui estender a roupa é que reparei que não tinha colocado o detergente e tive de voltar a lavar...e, o desperdício de água não é pequeno pois quando digo que acontece várias vezes quero dizer, em média uma lavagem por mês...sou uma cabecinha no ar!*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo para a roupa, não há que enganar.

      Eliminar
  3. ou andar a dar banho às cadelas com amaciador de roupa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, mas se calhar o próximo banho delas vai ser com amaciador o cheiro é o mesmo e o preço em comparação com o champô para os canídeos saí muito mais barato, e até devem ficar com o pêlo mais macio :)

      Eliminar
  4. Roupa com o cheiro dos cães? bem... desde que os cães estejam cheirosos, tudo bem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os cães ficam muito cheirosos, mas como associo um cheiro ao outro está-me a fazer confusão :)

      Eliminar
  5. Há uns anos que deixei de usar amaciadores e anti-calcários na máquina da roupa - esta avariou e o homem que a veio reparar disse-me preto no branco: "Olhe, isso só serve para as pessoas gastarem dinheiro, mainada! Por vezes até é prejudicial misturar alguns produtos, que têm fórmulas químicas diferentes que anulam o efeito pretendido uns dos outros." Pensei naquilo e concluí que o homem tinha razão! E ele também me disse para fazer as contas ao anti-calcário e concluí ainda que ao fim de três anos a poupança dava para comprar uma máquina nova... :)

    Dito isto, e não sendo esquisita em relação a marcas, já cheguei à seguinte conclusão: os detergentes líquidos são os mais eficazes! Entre estes escolho sempre um que cheire a sabão natural, que é o que mais gosto de sentir na roupa, alguns dos outros são muito enjoativos! Se me cheirasse a cão (mesmo acabadinho de lavar) não voltava a usar o tal amaciador. Tal como disse, se não sou esquisita em relação a marcas, sou muito mais esquisita em relação aos cheiros... :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que boa notícia que me deste, vou começar a poupar uns euros nesses anti-calcários que são bastante caros e quanto aos amaciadores já me faz mais confusão não usar mas acho que é uma questão de hábito aquilo realmente não amacia a roupa é só para deitar cheiro e se o técnico disse tenho que acreditar.
      Quanto ao amaciador cheiro a cão, já não vai ser mais usado.

      Eliminar
  6. Não usaria mais, definitivamente. Uma vez pus uma t-shirt minha para lavar porque Maria Mia deitou-se nela logo depois do seu banho. E ela estava cheirosa... mas não era cheiro para a minha roupinha ;)
    Eu sou fidelíssima no amaciador, admito. No detergente não sou. Apenas tem de ser líquido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que eu penso, cão ou gato mesmo que cheire bem esse mesmo cheiro já não é bom para a minha roupa.
      Sei que é paranóia este meu caso, mas como associo um cheiro ao outro, está tudo estragado e já não vou usar mais.

      Eliminar
  7. A tua vizinhança não sei, mas eu fiquei com a ideia do fetiche bem presente na ideia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então imagina ao vivo e a cores! foi um espectáculo gratuito para a vizinhança.

      Eliminar